Reciclagem (projeto de empresa)

planejamento

#1

Quero saber a viabilidade de uma empresa de reciclagem. Moro em Porto Alegre e pensei em uma recicladora de eletroeletrônicos no centro da cidade. Gostaria de saber da viabilidade antes de começar a investir, estou com dificuldade de identificar compradores, descobrir valores praticados e projetar os rendimentos. Alguém quer me ajudar nesse projeto?


Fiquei desempregada e queria entender mais sobre reciclagem
O que eu posso aprender para ser uma mentora ainda melhor?
#2

O @rogerio2811 está interessado em novos projetos de viabilidade :slight_smile:


#3

@marcosantos2378, tudo bem?

A sua ideia é oferecer o serviço para pessoas físicas ou jurídicas?

Abraços


#4

É um serviço de reciclagem, a matéria prima é obtida tanto no comércio como na comunidade, mas os clientes são as indústrias que compram a matéria prima reciclada.


#5

@marcosantos2378, acho que o primeiro passo é fazer pesquisa de mercado. Chegou a tentar algo nesse sentido?

Abraços


#6

Estou tentando fazer essa pesquisa de mercado, mas estou com dificuldade de saber qual a melhor forma de abordar as indústrias e como fazer uma boa pesquisa de mercado, poderia me dar alguma dica?

Obrigado pela atenção!


#7

@Amon, conhece alguém na sua rede que possa ajudar?


#8

Sugiro inicialmente começar com uma pesquisa com as empresas que já estão estabelecidas neste setor. As iniciativas dessa área são mais abertas a colaborar com novos negócios, pois compartilham da mesma proposta de valor!

A empresa mais bem sucedida que conheço nesta área é a Recicladora Urbana (http://www.recicladoraurbana.com.br/). Eles estão sediados em São Paulo.

No Rio de Janeiro um bom exemplo também é a Zyklus (http://www.zyklus.com.br/).

Ainda dentro do assunto vale dar uma olhada no Comitê para Democratização da Informática (CDI), projeto social que trabalha em cooperação com a Recicladora Urbana. E no CE100Brasil - organização cujo objetivo principal é compartilhar, desenvolver e implementar oportunidades de economia circular. O setor de eletrônicos é uma área estratégica para eles.

Espero ter ajudado! :slight_smile:

Abraços,


#9

Marcos, negócios de reciclagem em geral giram em volta de receita na receptação e venda da matéria prima beneficiada.

Sendo que a preocupação na captação é mais importante do que na venda nos primeiros meses.

Nunca trabalhei com resíduo eletrônico, minha expertise é em resíduos de construção. Acredito que no caso de eletrônicos não haja receita na receptação na maioria dos casos, podendo inclusive haver desembolso por parte da recicladora na compra dos equipamentos e sucatas a serem descartados.

Um outro ponto é entender qual é o resultado do beneficiamento, no caso de eletrônicos creio que haja reaproveitamento de componentes, metal e plástico. Entender a proporção disso e o valor de mercado é importante.
Avaliar os processos internos envolvidos: desmontagem, classificações, moagem, etc. Alguns desses processos podem ser complexos e de investimento alto e só se justificariam com o volume de sucata eletrônica.

Acredito que o seu negócio deveria girar em volta da desmontagem e revenda das partes ainda funcionais e venda dos metais e plásticos para cooperativas, sendo estes retirados pelas mesmas no seu local. Vai demorar um pouco para o volume justificar venda de metais diretamente para indústria por exemplo.

Como disse antes, sucata eletrônica não é minha expertise mas espero ter ajudado.