Como definir meu público-alvo melhor?

público-alvo
mercado

#1

Tenho uma solução para acompanhamento de startups direcionada para aceleradoras e investidores. Tenho dificuldades hoje em definir exatamente qual o público alvo e como organizar uma estratégia boa para o meu negócio.


#2

Fala, Edemilson, tudo bem?

Acho que a definição do público-alvo começa com um exercício interno e você deve ir validando externamente.

Geralmente a sua solução sai de um problema que você imagina que alguém no mundo tenha. As primeiras validações que devem ser feitas são: Esse problema de fato existe? Eu tenho uma boa solução para ele?

Uma boa forma de validar essas questões é conversando com o seu primeiro prospecto de público para entender suas necessidades, sonhos e referências que eles seguem. Quando estávamos desenvolvendo a Clara, por exemplo, eu passei cerca de 2 meses conversando melhor com empreendedores de todos os tipos, em todas as fases do negócio, pois não tinha certeza ainda de quem valorizaria mais uma solução de mentoria digital. Depois fui afunilando.

Essa ferramenta me ajudou muito nessa atividade

Quando você valida que o problema existe e que de fato você possui uma boa ideia de solução para ele, chega a hora de ir afunilando. Por mais que sua solução seja boa para todas as aceleradoras e investidores, existe um pequeno grupo que estará mais propenso a ser usuário da sua solução de cara.

Nesse momento, geralmente eu tento mapear todas as características fortes que eu vi no grupo com o qual eu conversei antes. Por exemplo, se é uma solução que exige algum conhecimento tecnológico para ser usada, talvez o gosto por novas tecnologias seja uma característica apropriada para o seu público. As vezes, o fato do investidor ser menor e não ter ainda uma solução para acompanhar startups pode ser algo que deixe ele mais feliz em encontrar você.

Dessa forma você vai definindo a sua persona principal: pequeno investidor, amante de novas tecnologias, investe em fintechs e tech startups, está começando nesse ramo, ainda tem muitas dúvidas e por aí vai… Mas lembre-se, essa atividade de ir refinando é para sempre. Você tem que estar sempre conversando com o seu público para mapear e validar as características principais.

A partir da definição dessa persona, você precisa organizar estratégias para encontra-lo. Uma dica que me deram uma vez foi de seguir o modelo de mídia OSEP:

  • owned (mídia própria) - quais são os canais que você vai desenvolver dentro de casa? A sua mensagem é forte o suficiente para trazer o seu público até você? Como a sua solução é nova, geralmente, você não vai ter braço para focar em várias ao mesmo tempo, portanto foque em fazer poucas bem. Onde o seu público está? Lendo artigos no medium? Vendo vídeos no youtube? Em eventos?
  • shared (mídia compartilhada) - essas são as mídias que você constrói junto com o seu público. Um fórum, um concurso cultural, uma publicação colaborativa, um evento organizado por você. Vale a pena? Depende da aderência do seu público.
  • earned (mídia ganha) - quem são as pessoas que influenciam a sua persona? Como conseguir que eles endossem a sua marca?
  • paid (mídia paga) - o seu usuário está no google, no facebook ou em blogs e sites de conteúdo? Você tem uma estratégia de compra de mídia que faça sentido?

Bom, acabei me estendendo… poderia passar o dia falando disso, porque é um tema que eu gosto bastante… rs

Se eu não tiver te ajudado, me avisa onde você quer se aprofundar, que eu tento te responder melhor!

Abraços